Filme da Liga da Justiça
Os 7 acertos do filme da Liga da Justiça
16/11/2017
Jim & Andy
Jim & Andy: The great beyond | Deu a louca no Jim Carrey
20/11/2017

10 musicais contemporâneos que você precisa assistir


 

Filmes musicais estão entre os mais complexos de produzir, pois além de atuar, o elenco deve saber cantar e, em muitos casos, dançar. A era de ouro deste gênero ocorreu ali entre as décadas de 1940 e 1950, mas nem por isso deixamos de ver bons exemplos cantantes nas telonas. De uns tempos pra cá o gênero parece ter ganhado força com produções apreciadas nas principais premiações de cinema. Separamos 10 exemplos de musicais produzidos de 2000 pra cá que valem muito a pena assistir:

 

1. Moulin Rouge (2001)

Por que assistir: o filme do Baz Luhrmann praticamente ressuscitou o gênero em Hollywood, com músicas contemporâneas embalando uma história de amor na lendária casa de shows de Paris. A produção foi indicada a oito Oscars naquele ano, mas ganhou apenas os de direção de arte e figurino.

Filmes musicais: Moulin Rouge

 

 2. La La Land (2016)

Por que assistir: esqueça aquele constrangimento de ter recebido Oscar de Melhor Filme e depois ter que entregar para Moonlight: La La Land é recordista de indicações ao Oscar e uma bela homenagem à era de ouro dos musicais de Hollywood. Além de toda a impecabilidade técnica, tem uma história que pode até parecer bobinha, mas que toca muita gente!

Leia a crítica completa de La La Land.

Musicais: La La land 

 

3. Chicago (2002)

Por que assistir: não é todo dia que se vê um musical levar o Oscar de Melhor Filme. Na história estrelada por Renée Zellweger, Catherine Zeta-Jones e Richard Gere há uma grande crítica à manipulação midiática e de como a própria mídia se deixa manipular. Tudo isso com canções originais super pertinentes, uma bela direção de arte e um elenco pra ninguém botar defeito.

 

 


 

4. Os Miseráveis (2012)

Por que assistir: pra que fazer só um musical se você pode fazer um musical épico de uma obra famosíssima do escritor Vitor Hugo ambientada na Revolução Francesa? Os Miseráveis não entrega só isso, mas também um elenco super badalado, com nomes como os de Hugh Jackmann, Anne Hathaway, Russel Crowe, Amanda Seyfried e Eddie Redmayne.

Leia a crítica completa de Os Miseráveis.

 

5. Across the Universe (2007)

Por que assistir: se você é fã de Beatles, este filme é mais do que obrigatório! A história conta o romance entre Jude e Lucy (sim, esses são os nomes), embalado pelas músicas do quarteto de Liverpool. O mais legal é ver os personagens passando pelas fases e contextos históricos que motivaram as mais famosas canções dos Beatles.

 

6. Mamma Mia! (2008)

Por que assistir: mais ou menos como no caso de Across the Universe, só que com músicas do Abba. O elenco é estrelado por ninguém menos do que Meryl Streep, Colin Firth e Pierce Brosnan. O musical já é sucesso na Broadway e vai ganhar uma sequência nas telonas.

Filmes musicais: Mamma Mia

 

7. Happy Feet (2006)

Por que assistir: não deixe o preconceito com animações te afastar destes pinguins fofos. Com músicas que vão de Elvis Presley a Queen, a produção ainda conta com o reforço do elenco estrelado por Elijah Wood, Brittany Murphy, Hugh Jackmann, Nicole Kidman, Robin Williams e Hugo Weaving.

 

8. Hairspray (2007)

Por que assistir: você só precisa de um motivo: John Travolta de Edna Turnblad. Mas caso isso não seja o suficiente pra você, é o musical mais feliz que você vai ver sobre um tema bem pesado: a luta pelos direitos civis nos Estados Unidos.

 

 

9. Sing Street (2016)

Por que assistir: sabe essa onda de nostalgia com os anos 1980? Sing Street tem isso, só que especificamente com a música da década. É muito gostoso ver este grupo de adolescentes criarem a sua identidade musical pra tocar no bailinho do colégio.

Leia a crítica completa de Sing Street.

Musicais: Sing Street 

 

10. O Fantasma da Ópera (2004)

Por que assistir: se você nunca viu o famoso musical de Andrew Lloyd-Weber num palco, dá pra se virar muito bem com essa adaptação para o cinema. As canções são lindas e a direção de arte é deslumbrante. Bônus: Gerard Butler, antes de encarnar o rei Leônidas em 300 utilizando a meia máscara do Fantasma e mandando muito bem no gogó.

Imagens: © 2001 – 20th Century Fox  / Dale Robinette / © 2002 – Miramax / © 2012 – Universal Pictures / © 2008 – Universal Pictures / © 2006 Warner Bros. Entertainment Inc. / David James / © 2015 The Weinstein Company / © 2004 Scion Films Phantom Production Partnership

 

Compartilhe: