Séries completas para maratonar na netflix
10 Séries completas para maratonar na Netflix
31/01/2018
Whiplash
Whiplash: Em busca da perfeição
02/02/2018

14 Filmes para ficar de olho em fevereiro de 2018

Filmes pra ficar de olho em fevereiro de 2018: Três anúncios para um crime

 


O mês que antecede o Oscar sempre vem cheio de títulos que valem aquela conferida. Além de alguns dos principais indicados à premiação, há alguns blockbusters e, claro, alguns destaques que chegam à Netflix neste mês. Organiza a agenda com a gente:

 

01/02

 

A forma da água

Onde assistir: cinema

Por que assistir: O campeão de indicações neste ano, concorrendo a 13 estatuetas, chega aos cinemas. A história sobre a relação entre uma zeladora muda e uma criatura aquática é dirigida por Guillermo Del Toro e é praticamente um conto de fadas para adultos.

Confira a crítica completa

 

Todo o dinheiro do mundo

Onde assistir: cinema

Por que assistir: Lembram quando estouraram as denúncias de abuso contra o Kevin Spacey e o Ridley Scott o tirou completamente do filme? Então, este filme chega aos cinemas acompanhado de um pouco mais de polêmica: Mark Wahlberg ganhou absurdos a mais do que a Michelle Williams para refilmar as cenas. Pra completar: Christopher Plummer, substituto de Spacey, está indicado ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante. Ah, mas a história mesmo é sobre o sequestro do neto de um magnata que não está disposto a pagar pelo resgate.

 

Guardiões da Galáxia

Onde assistir: Netflix

Por que assistir: A saga cósmica da Marvel dá uma descolada da fórmula dos Vingadores e aposta um pouco mais na comédia. Conta com o carisma do Chris Pratt e de personagens como Rocket e Groot.

 


 

 

Foxcatcher – Uma história que chocou o mundo

Onde assistir: Netflix

Por que assistir: O filme estrelado por Steve Carell conta a história do time de luta formado pelo excêntrico multimilionário John du Pont. Baseado em fatos reais, a produção chegou a ser indicada a cinco Oscars, incluindo Melhor Ator para Carell, Melhor Ator Coadjuvante para Mark Ruffalo, Melhor direção, Melhor roteiro original e Melhor maquiagem.

 

13/02

 

Steve Jobs

Onde assistir: Netflix

Por que assistir: Porque estamos falando do bom filme do Steve Jobs, não daquela coisa com o Ashton Kutcher. Este aqui faz um retrato um pouco mais justo da pessoa que deve ter sido Jobs e conta com as performances de Michael Fassbender e Kate Winslet.

 

15/02

 

Três anúncios para um crime

Onde assistir: cinemas

Por que assistir: A forma da água pode até ter o dobro das indicações, mas se tem um concorrente que pode abocanhar o prêmio principal é esse aqui. A história sobre uma mãe que chama a atenção da polícia local para a falta de resolução no caso de assassinato da filha é aposta certa para o Oscar de Melhor Atriz para Frances Macdormand e de Melhor Ator Coadjuvante para Sam Rockwell. Já levou o Globo de Ouro de Melhor Filme Drama e o SAG de Melhor Elenco, aumentando as chances de levar a categoria principal do Oscar.

 

Lady Bird

Onde assistir: cinemas

Por que assistir: A história trata de amadurecimento e relações familiares entre uma filha e uma mãe. Dirigido por Greta Gerwig e estrelado pela irlandesa Saoirse Ronan, o filme tem sido bem indicado nas principais premiações do cinema, acumulando cinco indicações ao Oscar: Melhor filme, Melhor direção, Melhor atriz, Melhor atriz coadjuvante e Melhor roteiro original.

 

Pantera Negra

Onde assistir: cinemas

Por que assistir: Beleza que a gente já tá meio cansado da fórmula Marvel, mas esse aqui se concentra na história de um personagem pouco explorado nos filmes anteriores e até mesmo nos quadrinhos. Aliás, o Pantera Negra é o primeiro super-herói negro dos quadrinhos e estreou em 1966 numa história do Quarteto Fantástico.

 

Eu, Tonya

Onde assistir: cinemas

Por que assistir: O filme sobre a controversa carreira da patinadora Tonya Harding reúne atuações poderosas de Margot Robbie, no papel principal, e Allison Janney, no papel de mãe da atleta. Aliás, as chances de Janney levar o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante são altíssimos!

 

Mudbound – Lágrimas sobre o Mississipi

Onde assistir: cinemas

Por que assistir: Uma produção Netflix nos cinemas? É isso mesmo. Pra poder concorrer só com exibição nos cinemas. O filme conta a história de dois soldados que, após voltarem para casa da 2ª Guerra Mundial, trabalham em uma fazenda no Mississipi e precisam lidar com racismo e a adaptação após a guerra. O filme está indicado a quatro Oscars, incluindo Melhor atriz coadjuvante para Mary J. Blidge e Melhor roteiro adaptado.

 

22/02

 

A grande jogada

Onde assistir: cinemas

Por que assistir: Uma história sobre uma esquiadora olímpica que mantinha os jogos de pôquer mais exclusivos e cobiçados do mundo e que acaba virando alvo do FBI já parece ser interessante o suficiente. Adicione isso ao fato de ser baseado numa história real. Agora adicione atores como Jessica Chastain, Idris Elba e Kevin Costner. Ah! O filme tem também uma indicação ao Oscar de Melhor roteiro adaptado.

 

Pequena grande vida

Onde assistir: cinemas

Por que assistir: Fora do circuito de premiações, esta comédia faz uma sátira social sobre um homem que se dá conta de que poderia melhorar de vida se participasse de um programa de encolhimento, para viver em uma sociedade em que ele e outras pessoas encolhidas vivem em meio à riqueza. O elenco tem nomes como Matt Damon, Chsitoph Waltz, Kristen Wiig e Hong Chau, que foi indicada a um Globo de Ouro pelo papel.

 

Trama Fantasma

Onde assistir: cinemas

Por que assistir: Poderia ser só pelo fato de que provavelmente estamos falando do último filme do Daniel Day-Lewis. Mas além disso, o filme que conta a história de um estilista que tem sua vida sacudida por uma jovem que se torna sua musa também tem seis indicações ao Oscar deste ano. Promissor.

 

27/02

 

A garota dinamarquesa

Onde assistir: Netflix

Por que assistir: A história sobre o pintor dinamarquês que se tornou um dos primeiros transexuais da história impressiona pela sensibilidade em lidar com um assunto que, mesmo um século depois da ambientação da trama, ainda é tabu. Tem a magnífica e premiada atuação de Alicia Vikander e o oscarizado Eddie Redmayne no papel principal.

Confira a crítica completa


 

Compartilhe: