Shazam! | 6 Motivos para dar uma chance ao filme

    Shazam!

    Shazam! pode não estar sendo aquele estouro de bilheteria que outros filmes de super-herói costumam ser, mas ele merece sim uma oportunidade de ganhar o seu coração (seja ele nerd ou não). E a gente vai te dizer por quê:

    1. É um super-herói desconhecido do grande público

    Apesar de ser um dos heróis mais antigos da DC, Shazam (no Brasil chamado de Capitão Marvel) não tem o hype de um Batman ou de um Superman. Nos gibis ele costuma aparecer naquelas sagas cósmicas com o envolvimento de toda a Liga da Justiça ou em segmentos mais cômicos, como a série da Liga da Justiça Internacional que juntou um monte de super-herói que a maioria das pessoas nunca ouviu falar. Pra quem já tá cansado de revisitar as histórias de origem do Homem-Aranha e do Batman, Shazam aparece como uma boa novidade.

    Shazam!

    2. Foge das fórmulas megalomaníacas de filmes de super-herói

    Sabe toda essa pira de Universo Marvel que a DC meio que está tentando correr atrás? Pode ficar tranquilo que é bem diferente com Shazam!. Ainda se trata de um filme de origem sobre alguém que está descobrindo seus superpoderes. Mas pode ficar tranquilo que não tem nenhuma super ameaça global que pode acabar com 50% da população da Terra ou algo do gênero. Não vou dizer que o filme é 100% original, mas pensa numa mistura de Deadpool com Kick-Ass e temos algo próximo.

    Shazam!

    3. É simples mas ainda tem uma mensagem bacana

    Sabe quando você pira em buscar referências e easter eggs no filme que da história mesmo você nem se lembra direito? Não é o caso aqui. As referências a outros super-heróis estão bem escancaradas e a história realmente tem algo a dizer. O Shazam não tem nenhuma grande missão, por exemplo, ele só tem que derrotar o vilão que chega nele. Mas por trás disso o Billy Batson tem uma jornada pessoal muito mais dolorosa para encarar, como deixar alguns traumas do passado para trás e se adaptar a sua nova identidade – e nem estou falando do heroizão.

    Shazam!

    4. Protagonista e elenco de apoio esbanjam carisma

    A escalação do Zachary Levi deu muito certo para o papel principal, já que ele é bem familiarizado com comédia. Mas apesar de ser bem divertido vê-lo como um adolescente no corpo de um adulto, ou melhor, de um adulto super-herói, o elenco de apoio está super afiado, principalmente na família de Billy. Claro que alguns são prejudicados pelo roteiro e têm menos tempo de tela, mas cada um deles consegue imprimir carisma e personalidade no que se propõem, em especial os jovens Jack Dylan Grazer (Freddy) e Faithe Herman (Darla).

    Shazam!

    5. Finalmente a DC acerta no vilão

    O legal de Shazam! é que o vilão também tem sua jornada, não é só um cara mau, genérico, que quer conquistar o mundo e/ou semear a discórdia. A gente acaba conhecendo um pouco mais das frustrações do Dr. Silvana e por que ele é assim. A escolha do Mark Strong para o papel também deu super certo – coincidentemente o mesmo ator que faz o vilão no primeiro Kick Ass.

    Shazam!

    6. É realmente divertido

    Eu tive a sorte de ter um cara que ria muito alto e de tudo no cinema, o que deixa a coisa ainda mais engraçada. Mas o filme ganha o público na comédia. As piadas são ligeiras, algumas com referências, mas a maioria bem amigável e apresentadas de forma orgânica na história. Não fica aquela forçada de barra que a Marvel tenta colocar nos filmes pra dizer que tem humor. Filmes de super-herói podem ser divertidos sim e Shazam! é mais uma grata prova disso.

    Shazam!

    Nota:

    Imagens: Warner Bros. / DC Entertainment

    Veja também: As piores adaptações de quadrinhos no cinema

    Compartilhe: